terça-feira, 31 de julho de 2012

Acabou

"Me dê a sua mão e vamos juntos ao Playcenteeeerrrr!!!"
(música que tocava no comercial da década de 80 - minha mãe sempre cantava quando estávamos chegando)

Só quem teve a infância e adolescência embaladas por esse jingle sabe o que realmente significa o fim do parque.
O Playcenter que marcou a vida de várias gerações fechou as portas neste Domingo (29), deixando milhares de brasileiros "orfãos".

Grande parte das minhas boas recordações se passaram lá!
A ida na montanha encantada inúmeras vezes quando eu era criança, o tombo que eu levei correndo pra chegar logo na fila (sério, gente!), as excursões de escola, o teleférico, sair tonta do cinema "3 D" (aquele antigo, que ficava dentro de uma bola!!!), as Noites do Terror, as paqueras, o "Encontrão Escoteiro" ...
São muitas pra citar todas.
E foi em uma excursão para o Playcenter que eu e o André ficamos juntos pela primeira vez (oun ...)!!!

Montanha Encantada - atração favorita quando eu era criança

O anúncio de que ele iria encerrar as atividades deixou todo mundo perplexo (embora já fosse previsível), principalmente a minha geração.
A galera "dos trinta" viveu o auge do parque!!!
Quem não morreu de medo da Monga, ficou impressionado com a Eva, sentiu frio da barriga no Barco Viking ou se perdeu no labirinto dos espelhos?

a famosa e assustadora "Monga"

Ficar horas na fila também fazia parte da diversão ... ninguém reclamava, pois acabávamos fazendo novas amizades.
E quem não se lembra de quando nossa mão era carimbada com uma tinta visível somente na luz negra? Eu achava aquilo o mááááááximo! Antes de entrar no brinquedo, tínhamos que colocar a mão embaixo dessa luz pro cara ver se podíamos entrar! Muito bom!!!
Depois de um tempo a tinta ficou azul, e ninguém lavava a mão pra chegar no dia seguinte na escola com a "marca da diversão"!

É ... por mais clichê que possa parecer, tenho que dizer que o Playcenter vai deixar saudades.
É como se víssemos um vestígio da nossa infância (ainda muito presente) indo embora.
Um lugar onde passamos momentos felizes, que ficarão guardados pra sempre.
Um lugar onde o principal objetivo era a diversão ... afinal, não era à toa que ingresso para entrar no parque se chamava "passaporte da alegria".

Um comentário:

  1. Vai deixar muitas saudades... Tenho muitas lembranças boas de lá...

    ResponderExcluir