segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

O último sorriso

Muitas vezes em nossas vidas resmungamos por motivos banais.
Transformamos pequenos problemas em um dramalhão mexicano, e culpamos o mundo por estragar o nosso dia.
 
Hoje eu li uma reportagem tocante e chocante ao mesmo tempo, que me deixou com vergonha de culpar o mundo pelos meus problemas.
 
As fotos abaixo são de 4 chinesas condenadas à morte.



                                                                          
Por incrível que pareça, as imagens registram exatamente os últimos minutos das mulheres antes de serem executadas com um tiro na cabeça.
E elas estão sorrindo …

E já que uma imagem vale mais que mil palavras, encerro esse post por aqui.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Inseparável

Caros amigos médicos, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos e "similares",
A menos que vocês os usem para limpar a boca, por favor, não saiam para almoçar com os vossos jalecos!!!
Eu acho um absurdo e tenho visto diariamente essa cena ...
Não faz sentido o companheiro voltar para o hospital ou para o laboratório com o jaleco todo defumado e infectado!
Jaleco foi criado para ser usado no vosso ambiente de trabalho.
Questão de higiene.
E fim de papo.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Bonequinha de luxo

Acho uma tremenda hipocrisia alguém dizer que não gostaria de ter uma vida de madame ...


Sejamos sinceras!
Deixar de se preocupar em obedecer ordens de chefe (ou acordar cedo pra bater cartão) pra poder viajar pra onde quiser e quando quiser, não me parece uma má ideia.
Andar no shopping sem precisar fazer contas (e sair de lá carregada de sacolas) ou passar um dia inteiro em um spa recebendo uma massagem, saboreando uma alimentação balanceada preparada por um chef de cozinha internacional, também não é de todo mal.

Quem disser que prefere levantar cedo, encarar o trânsito e a falta de educação dos motoristas logo pela manhã, chegar 10 minutos atrasada e encontrar uma pilha de coisas pra fazer, ter 1 hora pra almoçar e resolver todos os assuntos pessoais, sair do trabalho só no final do dia, e ainda receber em um mês o equivalente ao que uma madame gasta em um dia ... desculpe, ou está mentindo ou não está em um estado normal de sanidade!


Pronto. 
Desabafei.


terça-feira, 22 de novembro de 2011

E a primeira chegou!!!

Um dia depois de escrever sobre os bebês que estão a caminho, sou surpreendida com a notícia de que virei titia!!!!
A Manuela (minha primeira sobrinha) nasceu ontem, dia 21/11/11 às 21h, medindo 44 cm e pesando 2.650 kg!!!
É tão linda que parece uma bonequinha ...


Seja bem-vinda, Manu!


!! Amamos você !!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

A tal intuição

Sabe aquela famosa frase "siga a sua intuição"?
Pois bem.
A gente passa a vida inteira ouvindo (ou dando) esse conselho, mas o fato é que poucas pessoas levam a tal da intuição a sério. Eu mesma sou uma. Nunca escuto a "voz da intuição" e sempre quebro a cara!!! O pior de tudo é que eu não aprendo e continuo ignorando a minha voz interior.
Tô começando a desconfiar que sou um tanto quanto burra ...
A burrice se torna ainda maior e mais grave devido ao fato de que eu sei que vai dar errado, mas "pago pra ver".



Situação 1
A intuição me diz pra virar para à esquerda, mas eu acho que ela está tentando me enganar e insisto pela direita! O resultado é sempre desastroso e, no final, eu descubro que (pasme!) o caminho certo era mesmo pra esquerda.


Situação 2
Eu acordo de manhã e o dia está lindo, o sol brilha lá fora, mas alguma coisa me diz pra levar um guarda-chuva (só por garantia!) ... eu, claro, decido que o tempo não vai mudar. Óbvio que a chuva me pega justamente no caminho do carro até o serviço! Só pra tirar um sarro da minha cara.



A intuição me diz sim, eu digo não. Ela me diz "fica" e eu vou. Ela me diz "não tente isso" ... eu desafio de novo e perco de lavada! 
Acho que nos meus 32 anos de vida esse placar já deve ter ultrapassado os mil pontos de vantagem (para a intuição, claro)!!!
Eu sempre me ferro.
Bem que podia tentar ser menos cabeça dura e ceder de vez em quando ... a vida seria tão mais fácil! Tô cansada de quebrar a cara toda vez e depois ficar me culpando, martelando o mantra "devia ter seguido a minha intuição" repetidas vezes, mesmo sabendo que a minha teimosia não me permite mudar.

Acho que só vou aprender quando perceber que a minha intuição, essa amiga que me acompanha desde sempre, está comigo para me ajudar e não atrapalhar. 
Eu é que gosto de complicar.
Sempre.



Minha intuição está me dizendo pra
não pegar mais uma amêndoa ...


domingo, 20 de novembro de 2011

O ano da cegonha

De uns tempos para cá uma coisa muito estranha tem acontecido ... todas as mulheres que eu conheço (ou a grande maioria) estão engravidando! É algum tipo de epidemia fértil ou sabe-se lá o que!!!
Bem ... não posso negar que eu estou adorando a situação, afinal, todo mundo sabe que eu amo criança, e uma das coisas que eu mais gosto de fazer é curtir os filhos dos outros enquanto os meus não chegam.
Agora eu terei crianças pra me distrair por um bom tempo!!!

Até então eu tenho dois amores, e um deles é o Mateus. Ele é filho de um casal de amigos da minha família e é o meu grande xodó. Tem 1 ano e meio e é gostoso demais! Se eu passo alguns dias sem vê-lo já sinto muita falta. 
O outro gostoso é o Léo! Ele é afilhado do André e "meu por tabela" (não sou madrinha oficial, mas não abro mão do título ... rs). Filho de uma amigona do peito, a Tatica, o Léo é uma das crianças mais felizes e simpáticas que eu conheço! Aliás, estou morrendo de saudades dele ...

Da galerinha que vêm por aí, os primeiros deverão "dar as caras" até o final desta semana. Um deles é o Miguel (filho de uma grande amiga - a Ju) e a outra é a minha Manuela, sobrinha amada, filha da minha cunhada (irmã do André) Vanessa.
Não vejo a hora de ver essas carinhas! 
O André fica falando que todos têm cara de joelho ... eu não acho. Acho todos os bebês do mundo lindos!!!!

No começo do ano será a vez da minha priminha Laura, filha dos meus tios Vitor e Ana Paula.
Imaginem só! Tem coisa melhor do que ganhar uma priminha linda depois dos 30 anos? Eu fiquei maravilhada quando soube da notícia! Ainda mais porque o Vitor é somente 11 meses mais velho que eu, e nós fomos criados mais como irmãos do que tio e sobrinha ... imaginem a minha felicidade!

Em Maio terei mais uma Laura para paparicar, desta vez filha de um grande casal de amigos meu e do André ... a Fernanda e o Juninho. Eles casaram há dois anos e nós fomos padrinhos, agora eles vão nos presentear com a Laurinha!!!
E não para por aí! Tem mais dois bebês chegando na área, mas ainda não sabemos o sexo!!! São filhos de duas primas do André, e as duas são irmãs!

Pois é, gente ... a cegonha está fazendo hora extra ultimamente!
Engraçado que eu estava fazendo umas contas e descobri que no meu aniversário do ano que vem teremos 5 bebês me "ajudando a apagar as velhinhas", quatro a mais que no ano passado, quando só tinha o Mateus.

Sejam bem-vindos Miguel, Manuela, Laurinha e Laurinha!
Que vocês venham cheios de saúde pra encher as nossas vidas de alegria!

O amor é bobo





O amor é bobo ... é incondicional.
Quem diz que o amor é cego, não sabe de nada afinal!


Porque quanto mais ele enxerga mais ele ama ... mesmo que mil defeitos te deixe insana,
O amor será sempre amor no final.


(Ana Paula Reis Carlos)

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Quanto anos você tem?

Tá certo que eu já passei dos 30, mas ...

Comecei meu dia com uma injeção de ego "daquelas"!
Fazendo meu trajeto do carro pro "trampo", recebi um daqueles milhões de panfletos diários e dessa vez quem fazia a panfletagem era uma senhorinha de mais ou menos 60 anos.

Vamos lá ... até aqui não vi nada de diferente.
Panfletagem é uma das formas mais antigas de publicidade ... senhorinha fazendo panfletagem também.
A minha surpresa se deu quando eu resolvi ler sobre o que se tratava, e o titulo era o seguinte:

"APOSENTE-SE"

Perdi o chão!!!
Uma senhorinha de 60 anos me entregando um panfleto sobre aposentadoria???
Tem alguma coisa errada aí?
Preciso renovar meu estoque de creme anti-idade ...


terça-feira, 11 de outubro de 2011

Eu quero

Quem me conhece sabe.
Quando eu cismo com alguma coisa não sossego até conseguir ... e no final todo mundo se mobiliza pra me ajudar. Mas não é por solidariedade não! É que ninguém me aguenta falando o tempo todo da mesma coisa.
Sério.
Pensa em uma pessoa inconveniente.
Nem eu mesma me aguento.

Agora eu inventei que quero um sapato nude, de verniz.
Ontem minha mãe foi ao shopping e eu cheguei ao ponto de pedir pra ela tirar uma foto de um sapato e me mandar por sms. Mas não era o que eu quero!




A novela segue ... mas precisa acabar até dia 22, pois eu quero usar meu "sapato-nude-de-verniz" em um casamento neste dia.

To be continued ...


quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A mensagem que ele nos deixou




“Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro.Você precisa acreditar em alguma coisa - na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida.” - Steve Jobs          

E o gênio descansou ...

iMacs
iPods
iPhones
iPads
...


Domingo passado eu comprei o meu iPad!
Fiquei eufória pra voltar a escrever aqui e já tinha rascunhado um post inteirinho sobre o meu mais novo brinquedinho.
Com a correria da semana (e como!) adiei o post pra semana que vem ... e descobri que uma semana é muito tempo, e a vida pode mudar completamente em uma fração de segundos.
Nunca imaginei que meu primeiro texto escrito do meu iPad seria uma homenagem póstuma a um dos maiores gênios da minha geração e, ironicamente, criador do meu mais novo "instrumento de trabalho".
Steve Jobs.

Meu primeiro computador foi um MacPerforma (monobloco), influenciada pelo meu namorado que sempre foi um fiel seguidor da famosa maçazinha.
O vírus pegou em mim também ... e adquiri meu segundo computador, um iMac ruby.
Confesso que ainda não consegui me "desfazer" dos dois ... e agora que eu não consigo mesmo!

Na minha casa temos pelo menos 4 gerações de iPods, sendo que o primeiro deles foi aquele nano branquinho, primeira geração ... presente do André.
O iPod virou acessório fashion, malhar com os fones de ouvido branquinhos virou cool! E já era item indispensável e inseparável.

A esta altura, minha paixão já era declarada e estava estampada no meu carro, colada com um adesivo ... hábito mantido até hoje e seguido pelo resto da família. Paixão que ficou clara na escolha do produto para a minha Tese de Conclusão de Curso da Faculdade de Publicidade e Propaganda.
Deveríamos escolher um produto e criar uma campanha completa, com plano de mídia, planejamento, criação ... adivinhem qual foi o produto que eu escolhi? O computador mais ousado, copiado e inovador de todos os tempos!
Foi logo que surgiram os primeiros iMacs, aqueles coloridos ... a Apple ainda não era tão forte no mercado brasileiro e todo mundo torceu o nariz pra mim. Diziam que eu era louca e que não ía dar certo.
Tirei 10,0.
O único da turma
Obrigada mais uma vez, Steve!

 É ... o gênio descansou e silenciou o mundo.
E hoje o dia amanheceu mais triste.

iNovador
iNteligente
iNconfundível
iNcomparável
íDolo
iNesquecível



Descanse em paz, Steve Jobs.



segunda-feira, 25 de julho de 2011

Meus bons amigos

Quarta-feira passada foi o Dia do Amigo e eu não tive tempo de escrever um post à altura dos meus ...
Gostaria de ter feito uma homenagem para os velhos, os novos e os eternos, mas foi uma semana de grandes mudanças na minha vida e o post acabou ficando pra depois.
O post, não os meus amigos.
Até mesmo porque acho o Dia do Amigo uma data tão comercial quanto qualquer outra. 

Claro que é muito gostoso comemorar o dia dos namorados, dos pais, das mães e do amigo ... serei até hipócrita se disser que não compro presente, mas não acho necessário a existência de uma data estabelecida pra que possamos lembrar de pessoas tão especiais nas nossas vidas. Acho péssimo ver aquele filho que trata mal os pais o ano inteiro chegar na casa da mãe com um presente embaixo do braço, pronto pra "filar a bóia".
Não é certo.

Lembro dos meus amigos todos os dias! Não de todos de uma vez ... mas frequentemente alguma coisa do dia-a-dia me faz pensar em cada um particularmente de uma maneira carinhosa e sem previsão. Pode ser uma música, uma frase, uma situação ... 
Sinto saudade, ligo, combinamos de sair em uma quarta-feira e morremos de dar risada.
Dia do Amigo é muito mais do que um recado no Facebook ... é um post-it cravado na memória pra sempre. 
Todos os dias.


Aos meus amigos,
FELIZ DIA DO AMIGO!



Meus bons amigos (Barão Vermelho)
Meus bons amigos, onde estão?
Notícias de todos quero saber
Cada um fez sua vida
De forma diferente
Às vezes me pergunto
Malditos ou inocentes?
Nossos sonhos, realidades
Todas as vertigens, crueldades
Sobre nossos ombros
Aprendemos a carregar
Toda a vontade que faz vingar
No bem que fez prá mim
Assim, assim
Me fez feliz, assim...
O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo
E imperfeito...
Meus bons amigos, onde estão?
Notícias de todos quero saber
Sobre nossos ombros
Aprendemos a carregar
Toda a vontade que faz vingar
No bem que fez prá mim
Assim, assim
Me fez feliz, assim...
O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo
E imperfeito
Não, não, não
O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo
E imperfeito...



terça-feira, 19 de julho de 2011

O bom e velho livro

Esse sábado passei uma parte da tarde na livraria Cultura e na Fnac de São  Paulo com o André.
Pode passar o tempo que for. Podem surgir iPads, notebooks e netbooks ... mas nada tira a magia de uma livraria ou biblioteca.
Eu gosto do cheiro. Gosto da disposição das prateleiras imensas e repletas de Drummond, Vinicius e seus amigos imortais! Gosto de ver as crianças sentadas no cantinho ouvindo os pais contarem uma estória, ou descobrindo sozinha o prazer de ler e viajando por lugares que elas nunca imaginaram um dia estar! 
Isso não tem preço, e não vai acabar nunca. 
Sempre haverá alguém atrás de um bom e velho livro.

Comecei a ler bem cedo, aos 6 anos, e bem cedo peguei gosto pela leitura. Devorava gibis da Turma da Mônica (que meu pai comprava aos montes) e livos de estórias infantis. Algumas dessas estorias eu já sabia na ponta da língua ... afinal, terminava muito rápido e relia mais algumas vezes.
Depois vieram os livros. O primeiro deles foi  "Polyana" e depois veio "O Pequeno Príncipe"
E aí não teve mais jeito. Fui mordida pelo bichinho, ainda bem.

Na Fnac as duas realidades se contrastam. O novo e o velho convivem juntos ... mas o que mais me admirou foi perceber que o "lado do papel" estava mais cheio de gente do que o "lado dos tablets".

É ... nada substitui o nosso velho amigo.
E eu vou continuar virando as páginas manualmente, enquanto elas existirem.





terça-feira, 12 de julho de 2011

Tolerância zero

Algumas coisas costumam me irritar profundamente.
Mesmo.




Ontem quase perdi a paciência com um infeliz que estava passando na rua enquanto eu manobrava o carro pra sair de uma vaga. Sem ser solicitado, o querido começou a gritar: "VIRA TODO", "PAROU", "AGORA DÁ A RÉ"!!!!!
Respirei fundo e busquei dentro de mim todo o meu estoque de paciência! Tentei fingir que não estava ouvindo, e fiz  o contrário de tudo o que ele falou.
O engraçadinho começou a falar mais alto ainda. 
MALA.
Sei me virar muito bem sem ajuda. Não pedi ajuda. Coloquei o carro naquela vaga sozinha e sozinha sairia dela (como de fato eu fiz).
Mais alguns minutos e eu acho que atropelaria o senhor-manobrista-perfeito "sem querer".
O que mais me irrita é que se fosse um homem ele não teria dado esse  showzinho. 
Homem adora ficar olhando mulher estacionar esperando ela fazer alguma merda... odeio muito tudo isso!
Odeio mais ainda porque sei que dirijo melhor que muito marmanjo por aí.

Esse fato isolado me fez voltar pra casa pensando nas pequenas coisas do dia-a-dia que me tiram do sério. 
Entre elas:  
Vendedor que fica atrás de mim como se fosse a minha sombra;
Vendedor que quer me empurrar uma blusa florida a qualquer custo quando eu peço por uma xadrez (que não tem na loja);
Telemarketing;
Ver gente jogando lixo na rua;
Gente que fala no Nextel usando o viva voz e ao berros;
Motorista que não usa seta;
E a lista segue ...

Vale lembrar que a situação se agrava quando estou de TPM, o que não era o caso do dia de ontem
Sorte do senhor-manobrista-perfeito ...




quinta-feira, 7 de julho de 2011

Promessas não cumpridas

Já se passou quase 1 mês desde o meu último post ...
Não sei se essa ausência ocorreu devido ao meu novo teclado e a difícil adaptação, ou se  foram os inúmeros compromissos deste mês mega festivo.
O fato é que minha vida anda cheia de promessas não cumpridas, e a minha  frequência neste blog é uma delas.

Desde criança eu aprendi que promessa é coisa séria, e procuro passar isso para as crianças que eu conheço.
Uma promessa só deve ser feita se você, de fato, tem absoluta certeza que poderá cumpri-la.
O problema é que depois de adulto passamos a  viver a banalização da promessa. 
Dizer "eu prometo" se torna tão mecânico quanto dizer "vou ver " ou "vou tentar".

Pois bem ...
Prometi voltar a caminhar todos os dias ... FAIL
Prometi dormir mais cedo ... FAIL
Prometi ser menos consumista ...  FAIL

Promessa é coisa séria mesmo ... e nessa onda minha credibilidade está indo pro ralo junto com a de um monte de gente mentirosa.
Preciso passar o rodo no que sobrou enquanto ainda está em tempo.
Vou tentar não passar mais tanto tempo sem escrever aqui.

E pra terminar, preciso agradecer aos fiéis seguidores desse blog! Obrigada por não me abandonarem nesse período de ausência! Obrigada por ainda acreditarem em mim!!!!
E obrigada aos 2 novos seguidores que ganhei mesmo sem escrever por tanto tempo! Sejam bem-vindos!

;-)


segunda-feira, 13 de junho de 2011

Faça muitas crianças sorrirem

Fazer o bem sem olha a quem ...
Se você é uma dessas pessoas que gostam de ajudar o próximo sem esperar nada em troca, ta aí uma grande oportunidade!

A Pepsi está investindo em uma ação solidária muito bacana!
Em parceria com a entidade sem fins lucrativos Operação Sorriso, a empresa irá beneficiar crianças da América Latina que sofrem dos problemas de lábio leporino e fenda palatina, dando à elas mais motivos para sorrir!

Se você tem Facebook e está interessado em ajudar, basta clicar aqui e ouvir uma das 5 risadas deliciosas das crianças, ou até mesmo todas as 5!




Cada vez que você escutar uma delas, além de sorrir junto, você estará colaborando com US$ 0,50 que a Pepsi irá doar para a instituição.
O objetivo é alcançar a meta de US$ 100 mil.

E aí? Vamos ajudar?


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Ah ... o amor!

Ainda lembro do meu primeiro namoradinho ...
Eu tinha mais ou menos 4 anos de idade (precoce a menina!) e a paixão era mútua. Eu olhava pra ele e ele olhava pra mim ... mas nenhum dos dois tomava a iniciativa, até que chegaram os preparativos para a festa junina. Durante o primeiro ensaio para a quadrilha, a professora escolheu um par que era compatível com o meu tamanho ... até aí, tudo normal. No dia seguinte, a mãe do meu "primeiro amor" foi na escola e pediu pra colocarem ele pra dançar comigo porque o garoto chegou chorando em casa!
Pronto. A coisa se tornou pública.




Tudo ía muito bem até o dia que, enquanto brincávamos no gira-gira, ele tascou uma mordida no meu nariz!
Isso mesmo! Em vez de me dar um beijo ele ficou louco, mordeu meu nariz e não largava de jeito nenhum! As professoras tiveram que ir até lá separar ... e eu só gritava.
Resultado da minha primeira experiência com homens: um nariz roxo e uma lição: "mantenha sempre um mínimo de distancia até ter certeza que ele não irá morder seu nariz"

Claro que eu não quis mais saber dele!
Ah ... se naquela época já existisse a lei Maria da Penha esse moleque estava "na roça"!




Mas mesmo depois desse triste episódio eu cresci sem grandes traumas. Tive meus paquerinhas e paixões platônicas no decorrer da infância, namorei durante a adolescência, senti a garganta seca e aquele frio na barriga só de ver o garoto, levei foras, dei foras, chorei, sofri o término de 2 namoros ... mas passou. Tudo isso passa.












E quando finalmente encontramos a tampa da nossa panela, descobrimos um novo amor!
Um amor maduro, sincero, tolerante. Um amor que não é egoísta, que confia, que respeita, que não espera do outro a perfeição ... porque sabe que é justamente essa imperfeição que o torna tão especial. Um amor que não liga se o seu cabelo está desarrumado ou se você engordou alguns quilinhos. Um amor que te faz companheiro nas horas de alegria e de tristeza, e que te faz querer construir uma família.
Um amor exatamente como o que eu encontrei ...


André,
Estar ao seu lado é sempre bom demais!
Obrigada por fazer parte da minha vida e transformar os 365 dias do ano em
DIA DOS NAMORADOS
Te amo.



E eu nunca mais tive notícias do mordedor de nariz.


segunda-feira, 6 de junho de 2011

Com braço ou sem braço?

Hoje de manhã eu vi um senhor esticando a mão pra um carro parar e ele atravessar na faixa de pedestre. Como era de se esperar, o motorista não parou.

Desde que essa campanha começou eu tenho me questionado ... o que é pior? Ser atropelado ou perder um braço? Porque acho que é isso que vai acontecer se eu esticar o meu.
Este final de semana vi um cartaz onde se lia alguma coisa do tipo: "pedestre consciente estica o braço pra atravessar a rua" (não lembro exatamente as palavras, mas o contexto era esse).
Bem interessante a colocação, só esqueceram de fazer outro cartaz dizendo: "motorista consciente para o carro quando o pedestre estica o braço".

Sou motorista e pedestre. Muitas vezes não consigo vaga pra estacionar perto do lugar onde vou e tenho que andar algumas quadras. O desrespeito da grande maioria dos motoristas é assustador! Claro que também existem pedestres abusados ... mas estes nem entram na estatística, visto que não vêem problema algum em arriscar as suas vidas atravessando fora da faixa ou embaixo da passarela de pedestres.

O assunto é bastante polêmico e deve ser discutido com a devida importância.
O hábito de parar na antes da faixa de segurança é comum em alguns países e eu acho digno. Mas para que isso dê certo no estado de São Paulo e em outros do nosso amado Brasil, será necessário um investimento maior em fiscalizações, mais intolerância e uma multa que vai doer no bolso do motorista.
Na minha opinião, esse deveria ser um gesto automático, sem a necessidade de ter que esticar o braço e o carro levar ele junto. Infelizmente no Brasil as coisas só funcionam quando esvaziam o cofrinho do cidadão ... hoje todo mundo usa cinto de segurança porque?

Fica a dica.



segunda-feira, 30 de maio de 2011

Gula 1 x 0 Dieta

Sempre fui uma criança magra. Não magra maaaaagra, mas sempre tive um corpo dentro dos padrões normais para a sociedade. E foi assim até a minha adolescência, aquela famosa idade dos hormônios ... a fase que todo mundo fica um pouco mais feio ou mais gordo porque não sabe lidar com tantas mudanças no próprio corpo.
Pois bem. Desde então eu vivo uma guerra sem fim contra a balança.
É uma luta diária, e o efeito sanfona passou a fazer parte da minha vida.

Nunca consegui fazer dieta. Pra ser sincera, nuca me permiti. Acho dieta uma coisa um pouco radical demais, e não acho que vale a pena o sacrifício. Sempre achei que a melhor maneira de emagrecer é o tal do bom senso. 
Gosto de comer de tudo ... mas sei me controlar quando estou abusando demais. Dieta radical só deixa a gente mais louca pra emagrecer logo pra poder encher a pança com tudo o que não comeu nos meses anteriores.

Tenho mantido o mesmo corpo há um bom tempo seguindo a lei da compensação: se abuso em um dia, pego mais leve no outro. Nunca passo vontade. Acho o fim! Até porque um dos melhores prazeres da vida é comer e eu não acho justo me privar. Não tem coisa pior do que passar mal com água na boca!
O problema é que eu ando um pouco descontrolada nos últimos dias ... toda vez que eu paro pra reparar, me dou conta de que só falo de comida. Tá feia a coisa. O pior é que minha vida social anda agitada ... só nos 3 últimos finais de semana foram pelo menos 5 festas de criança!!! imaginem só eu andando entre docinhos, algodão doce, cupcakes e marshmallows ... dá pra resistir? Como compensar o estrago do Sábado no Domingo se eu tenho outra festa?
E adivinhem?
Este final de semana tenho mais uma festa de criança pra ir!
Yupiiii!!

E agora começam as quermesses regadas a caldo verde, pipoca, pinhão ...
Quem ganha essa disputa no final?
Gula ou Dieta?


A preguiça que me consome

De umas semanas pra cá eu tenho lutado diariamente contra uma preguiça que insiste em me dominar.
E como se não bastasse a preguiça, estou sendo seguida por um mau humor chato e desnecessário.
Não sei se a culpa é do frio e até acho provável que seja, mas essa situação não está colaborando pra que eu seja uma boa companhia.
Passei o final de semana inteiro comendo e embaixo de um edredon. Desse jeito, vou terminar o inverno gorda igual uma porca.


quinta-feira, 26 de maio de 2011

O adeus do professor Snape

Está chegando o fim.
Dia 15 de Julho é o "dia D".
Por mais difícil que seja aceitar (para fãs, como eu), está chegando a hora de dizermos adeus a um dos maiores fenômenos da indústria literária e cinematográfica de todos os tempos.
Eu, que li o primeiro livro antes mesmo de se tornar um best seller mundial, estou sentindo um misto de orgulho e tristeza, como uma mãe quando o filho sai de casa, sabe? Exagero? Não sei ...

Harry Potter conquistou uma legião de fãs pelos quatro cantos do mundo. Foram mais de 10 anos entre o primeiro livro e o último filme. 
Nesse tempo muita coisa mudou.
J.K.Rowling, a autora, é hoje uma das mulheres mais ricas da Inglaterra ... assim como os atores "mirins", já não tão mirins assim, que se tornaram os adolescentes mais ricos do mundo. Isso sem falar nos caminhos distintos que cada um deles seguiu, embora saindo pela mesma porta.

Li agora há pouco no blog Jovem Nerd, a carta emocionada de despedida de Alan Rickman, ator que deu vida ao inesquecível professor Severo Snape. 
Segue a tradução e a carta original:


“Acabo de retornar do estúdio de dublagem, onde eu falei num microfone como Severo Snape pela última e definitiva vez. Na tela, estavam flashbacks de Daniel, Emma e Rupert de dez anos atrás. Eles tinham 12 anos. Eu também voltei recentemente de Nova York, e enquanto estive lá, vi Daniel cantando e dançando (brilhantemente) na Broadway. Uma vida inteira parece ter passado em minutos.
Três crianças se tornaram adultos desde que uma chamada por telefone de Jo Rowling, contendo uma pequena pista, me convenceu que existia mais em Snape do que uma fantasia permanente. E mesmo que houvessem apenas três dos livros lançados na época, ela manteve toda a massiva porém delicada narrativa com a mais firme das mãos.
É uma necessidade antiga ser contado em histórias. Mas a história precisa de um bom contador de história. Obrigado por tudo, Jo.
Alan Rickman”




Chorei.



quarta-feira, 25 de maio de 2011

Estou aqui

Depois de um tempo ausente, estou de volta à ativa!
As últimas semanas foram mega corridas para mim ... e eu já estava sentindo falta de fazer o que eu mais gosto: escrever!
Volto já com novo post!
Beijos.

sábado, 14 de maio de 2011

Balzaquianas e lindas

(O Blogger me roubou esse post ... e eu reescrevi, tentando ser o mais fiel possível do texto original. A minha sorte é que eu releio umas mil vezes cada post antes de publicar e acabo decorando uma boa parte! Espero que gostem.)


Elas já têm mais de 30 ...  mas a maturidade fez com que se tornassem ainda mais belas.
Lindas, famosas, ricas e desejadas por homens de todo o planeta, essas mulheres são uma injeção de ânimo para nós!
Um brinde às balzaquianas do Brasil e do Mundo!
O poder é nosso.



Charlize Theron

Charlize Theron é muito gata. Aos 35 anos ainda carrega (com muito mérito) o título de símbolo sexual pelos quatro cantos do mundo. Além de linda, ela é super talentosa. Já levou pra casa a estatueta do Oscar de melhor atriz pelo filme Monster - Desejo Assasino. Charlize é perfeita pra começar a nossa lista. Quando eu "crescer", quero ser igual a ela ...


Camila Pitanga

A deusa de ébano Camila Pitanga (34) é a perfeita representante da beleza brasileira. Morena e com um corpão, é presença constante nas listas publicadas em revistas masculinas.


Drew Barrymore

A fase da menininha do ET já ficou pra trás há muito tempo! Hoje, aos 36 anos, Drew é uma atriz muito bem sucedida e queridinha de Hollywood. Passou por momentos difíceis e turbulentos durante a adolescência, mas conseguiu sair do fundo do poço e se tornou uma mulher maravilhosa!!! Palmas para ela.


Fernanda Lima

A Fernanda é uma adquelas mulheres que a gente sente uma pontinha de inveja, sabe? Linda, casada com um gato, mãe de gêmeos ... e tem 33 anos!!!! Difícil de acreditar com essa carinha de menina!


Gisele Bundchen

E o que dizer da nossa querida amiga "Gi", que completa 31 ainda este ano? 
Deusa é pouco!


Michelle Willians

Já se passaram 13 anos desde que Michelle Willians (30) fez parte do elenco da inesquecível série de TV Dawson's Creek (que por sinal eu adorava!). O mais incrível é que ela tem a mesma carinha de boneca até hoje! O tempo foi muito generoso com a atriz, que tem uma filhinha linda com um dos atores que eu mais amo, e que morreu precocemente em 2008 ... Heath Ledger.


Angelina Jolie

Essa mulher é até um desrespeito! Angelina Jolie tem 35 anos, mas "dá rasteira" em muita menininha por aí! Não é a toa que conquistou o coração do homem mais desejado de todos os tempos! Só acho bem feinha essa tatuagem nas costas dela ... ninguém é perfeito.


E ainda ...




Milla Jovovich (35), Rachel McAdams (32), Penélope Cruz (37!), Kate Hudson (32), Katherine Heigl (32), entre outras.


Natalie Portman

Vou terminar esse post com a Natalie porque ela ainda tem 29 anos ... mas está lááááá na portinha. Ela entrará pro nosso clube no dia 09 de Junho deste ano, 1 dia depois do meu aniversário! Acho que é por isso que eu gosto tanto dela ...


Lindas, não?
Em breve postarei sobre os "trintões"!!!
Eles também merecem um espaço ...